Lugares para comer em Salvador – Di Liana

Nunca imaginei que teria tanta dificuldade de encontrar um restaurante bacana, aberto, em Salvador, em um feriado que caiu no domingo. Tinha algumas opções em mente, mas nenhuma iria funcionar naquele dia e queria comemorar os meus 3 anos de namoro com uma comida muito boa (#CasalBomdeBoca rsrs..). Foi aí que uma amiga me mostrou a listinha dela de restaurantes para conhecer (quem aí tem mania de listinhas também?) e lembrei do Di Liana. Essa foi a minha segunda vez no restaurante, que é um italiano delicioso e tradicional aqui de Salvador.

Os seus fundadores são italianos nascidos em Veneza, conhecida como o berço da culinária do país. Pra mim, um outro super diferencial de lá é que pães e massas artesanais são feitos diariamente na própria Casa da Massa do restaurante. São receitas do norte da Itália passadas de geração por geração, e trazidas para o Brasil pelos fundadores do Di Liana, Liliana e Wilfrido Allegro. O restaurante tem um ambiente bem familiar, aconchegante, inclusive no atendimento. Para os amantes de vinho, uma informação importantíssima: você pode levar o seu vinho de casa pro restaurante 😉 Eles não cobram rolha. Achei isso massa e percebi, que grande parte dos clientes levam o vinho mesmo.

Sou apaixonada por massas e curiosamente essa não tinha sido a minha escolha na primeira vez que fui lá. Tinha pedido carne, que é também uma outra especialidade deles. Dessa vez queria comida italiana real e achei o máximo quando ví no cardápio opções, que em um prato só vinham 3 tipos diferentes de massa. Bingo!! Essa era a opção perfeita pra uma pessoa que ama raviolo, teve a lasanha como a comida preferida da infância e estava louca pra comer um rondelle.

O meu pedido foi o Le tre paste. Ravioli com molho branco, lasanha bolonhesa e rondelle de queijo e presunto. As três massas estavam muito gostosas, o prato estava muito bem servido, tanto que não consegui comer tudo. O valor foi R$56,90.

Meu namorado fez uma escolha parecida e optou pelo Le tre paste verdi. Esse prato vem outras 3 massas, só que verdes e com molhos como o pesto. Vem canelloni, capelloni e ninho. Eu gostei ainda mais do prato dele e óbvio que roubei milhares de garfadas rsrs… Esse custou R$59,90. 

Já que estávamos em um italiano, a sobremesa foi típica também, um tiramissú. Confesso, que não sou muito entendida dessa sobremesa. Só tinha comido uma vez quando fui na Itália e isso já tem quase 4 anos. Achei bem gostosa, mas não lembrava da presença tão marcante do conhaque rsrs.. Mas achei bem boa, até porque a bebida fica mais no fundo da sobremesa, então a pessoa pode optar por não pegar.

Para beber pedimos um Kir Royal, que é a mistura de creme de cassis com espumante.

O Di Liana fica em Ondina, na rua Macapá, nº314. Lá tem manobrista por cortesia deles. 

Beijão

Clarinha

4 Comments

  1. Gabriela Cerqueira

    14 julho, 2017 at 13:57

    Melhor italiano da cidade, na minha opinião. Quero uma ft igual a sua hahah Amei os pratos tb, na próxima vou pedir um deles. bj bj

    • mariaclaralauton

      19 julho, 2017 at 23:40

      Eles arrasam mesmo e amo quando vejo um restaurante conseguir se manter por anos, mantendo a qualidade. kkkkk Tira mesmo que fica mara!! Beijos

  2. Ameiiii a dica!
    Já quero o próximo encontro de infância lá! hahaha

    Beijo Beijo!

  3. Essa amiga da listinha sou euuu! Hahahahahaha ô mania! Tão bom, né? Adorei as dicas do restaurante! Breve, retornarei ao Di Liana e pedirei esses pratos que você indicou! Delícia!!!!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

© 2017 Maria Clara Lauton

Theme by Anders NorenUp ↑